terça-feira, 27 de outubro de 2009

Cabelo brasileiro

Minha mãe acabou de escrever sobre a Lesliana Pereira, repórter angolana, em um recado no post aí de baixo. Parece que ela fez uma reportagem sobre os cabelos das mulheres negras no Brasil e que, depois da viagem, decidiu trocar suas madeixas escorridas à la Naomi Campbell pelo seu cabelo cacheado original, à la Taís Araújo na novela das oito.

Só a título de curiosidade: Lesliana Pereira é repórter da Globo Internacional. Ela foi Miss Angola em um ano qualquer e, segundo Cléa, já participou de algum fime da Xuxa.
Esses dias teve o Dia da Amizade Angola-Brasil aqui em Luanda. Algo no estilo do Brazilian Day, que ocorre em vários lugares do mundo. Os apresentadores do show eram o Luciano Huck e a Lesliana. A Xuxa foi a grande atração da noite (por isso que ela e a Xaxa estavam aqui).

Mas, enfim, tudo isso foi pra dizer que essa história de cabelo é um caso a parte aqui em Angola. Eu até escreveria sobre isso, mas Cléa já o fez (aqui nesse link) e eu não o faria melhor. Recomendo fortemente a leitura! Só para dar um gostinho:

"Quando cheguei em Angola, uma coisa me chamou a atenção: os cabelos das mulheres. Baseada no termo que usamos no Brasil, 'cabelo afro', imaginei que aqui fosse encontrar as mulheres com suas belas cabeleiras eriçadas, seus penteados de tranças e coisas assim. Ledo engano! Fiquei surpresa quando vi que a maioria esmagadora delas usa cabelos lisos. Pior, usam perucas!!! (...)"

No fim do texto, Cléa praticamente profetizou que Lesliana usaria os cabelos crespos depois de ver a Taís Araújo na telinha... Hehehehe

5 comentários:

  1. Nesse negócio de cabelo eu fora!

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou (ainda) uma seguidora da Cléa, mas, com certeza, sou uma leitora assídua. Como o blog é liberado, aproveito para me deliciar, de forma anônima, com as maravilhas que ela escreve.

    ResponderExcluir
  3. Que diver, meu cabelo tá na moda e eu não sabia!!! Isso é que dá não olhar novela...! hehehe
    Mas a mídia tem uma influência muito impressionante na gente mesmo... Que coisa!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Bom saber D. Leila!!! rsrsrs...
    Fiquei muito lisonjeada. E saiba que é uma honra tê-la como "leitora assídua" de meus devaneios.

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo plenamente com o artigo.Eu sou angolana mas acho que as mulheres angolanas passaram a contentar-se com pouco,gostos são gostos mas eu prefiro o meu afro.
    http://www.youtube.com/user/tunganey

    ResponderExcluir

Compartilhe!